Contributed by Tom Laermans

Resumo sobre linmodens

(Winmodems funcionando no Linux)


Este é um sítio certificadoOther System



(Em português do Brasil)

(Traduzido do espanhol e do inglês por Antônio Carlos Vasques da Silva  em 23 de maio de 2005)


Identifique o modem de seu computador  com o script  scanModem e a seguir visite a página "resources" . (Leia sobre o scanModem mais a frente no sub-título "Sobre o scanModem")

Visite a página post-install help,  se você conseguiu configurar seu winmodem no linux mas não obteve sucesso na conexão com a internet via provedor.

Um "winmodem" é um conjunto de hardware - conhecido como chipset (sendo diferente de um "modem verdadeiro" ou "hardmodem") - e do software escrito para fazê-lo funcionar sob o sistema operacional windows.

Um "linmodem" nada mais é do que um winmodem que foi posto para funcionar no linux.

Entende-se por LTmodem os winmodens construídos pela Lucent, atual Agere.

O presente artigo tem por objetivo auxiliá-lo a configurar o winmodem de seu computador, onboard ou offboard, para que funcione corretamente no linux.

Aqui não trataremos do hardware de seu modem nem falaremos da configuração do computador para obter conexão ao seu provedor de acesso (ao contratar o serviço, peça a inclusão de suporte técnico no seu pacote de serviços). Entretanto, informação extra sobre a configuração dos linmodens pode ser encontrada aqui .

Também não prestaremos nenhum tipo de suporte sobre como configurar sua distribuição linux, excluindo a parte referente a linmodens.


Aos usuários iniciantes:

Visitem o endereço Cookbook.

Usuários de windows recém-migrados para linux devem visitar o endereço Guia de Mark Chapman para obterem a ajuda necessária.

Obs.: na página 13 deste documento há um erro referente a "winmodems Database" (http://start.at/modem/) de Rob Clark.


Sobre o scanModem


Baixe o script aqui aqui e descompacte-o com o comando:

# gunzip scanModem.gz

Execute-o do seguinte modo:

# sh scanModem    ou
# ./scanModem

Este script checará seu hardware com o comando lspci e gerará os arquivos-texto denominados "ModemData.txt" , "ModemData.txt.2" e "ModemDriverCompiling.txt".

Leia-os cuidadosamente para que obtenha as informações sobre seu modem, a indicação dos drivers apropriados e o endereço onde obtê-los.

O arquivo-texto ModemDriverCompiling.txt explicará como compilar o driver para seu modem já que a forma de fazê-lo depende da como aquele foi escrito.

Atente-se também ao fato de que a compilação difere de distro para distro.

Havendo problemas, envie uma cópia do arquivo-texto ModemData.txt para o fórum de discussões de Linmodems.org junto com as últimas linhas relativas ao driver do modem.
Envie também a saída do comando # dmesg da seguinte forma: # dmesg > dmesg.txt

ATENÇÃO:

Certifique-se de que o kernel-source de sua distro está instalado no diretório /usr/src/linux*. Se em /usr/src não existir o link "linux" e o diretório referente ao código-fonte, faça a instalação do mesmo e só DEPOIS proceda à compilação do driver.

INFORMAÇÕES ADICIONAIS


Nota do "tradutor": tentei fazer o melhor que pude e peço desculpas por "alguma imprecisão", principalmente ao povo da flor do Lácio. Por favor, sejam razoáveis para comigo. Aceito qualquer melhoria neste trabalho por pessoas mais versadas na gramática.


  O Google pode auxiliá-lo clicando aqui .

Google

Page translated and "substantially augmented" by Antônio Carlos Vasques da Silva from the original text by Gustavo Zamorano and Jacques Goldberg.
Translation updated Monday 23 May 2005.
Original English last updated: Monday 24 November 2003 12:00 IST
Site usage report produced by Webalizer.